O Verdadeiro Dilema da Corrupção no Brasil de Hoje

Todos se preocupam com a existência de políticos e servidores públicos corruptos. Todos sabem que existe corrupção ativa e passiva. Todos entendem que os problemas éticos não se manifestam apenas nas práticas corruptas como também na omissão diante delas. O que pouca gente compreende é que esses parâmetros são válidos apenas no que concerne a corrupção como conduta individual ou de grupos.

Quando um órgão, uma estatal, um governo inteiro é usado como instrumento de corrupção, todos os seus funcionários se tornam agentes da corrupção, mesmo sem participar conscientemente dela, mesmo sem saber de nada. O servidor mais honesto, o funcionário mais digno podem fazer tudo com retidão, mas quando a máquina inteira é dirigida a objetivos escusos, quando o sistema é sequestrado para interesses ilegítimos, cada um, sem possibilidade de escolha, torna-se apoiador material do projeto corrupto. Até o homem mais honesto passa a trabalhar pela causa corrupta. Esse é o dilema.

Inscreva-se em minha lista:

Receba em primeira mão os melhores artigos e análises sobre política, cultura e sociedade.

Assinatura recebida!

Verifique seu e-mail e confirme a assinatura do boletim informativo.

Autor: Cesar Nascimento

Cesar Nascimento é diplomata. Instagram/Twitter/Telegram/LinkedIn/Revue: cesarapenas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s